Blogue
#1.PIZZAàSEXTA

#1.PIZZAàSEXTA

Pizza à sexta!

Sexta-feira é sinónimo de pizza ao jantar! E é quase sempre motivo para juntar família e amigos e até amigos de amigos à volta da mesa. Ainda que as sextas-feiras, algumas vezes, calhem a um sábado ou domingo – depende das semanas e dos compromissos profissionais e outros que tais.

Quando olho para trás vejo que é uma tradição já com várias décadas de existência – desde o meu tempo de adolescência. Na altura, comprava a massa já pronta na padaria e tudo o resto era feito em convívio na casa dos meus pais, com os meus amigos.

Depois a tradição manteve-se na minha casa e para os meus filhos o jantar de sexta-feira sempre foi “O JANTAR” fora da caixa. Até há uns anos, antes de termos a nossa Cookie – uma cadelinha com meia dúzia de quilos e com um apetite voraz por pizza e tudo o que nós comemos, fazíamos piquenique sobre uma toalha estendida no chão da sala e era o momento UAU! da semana. A Cookie e as cruzes impedem-nos de sentar tanto tempo no chão e lá voltámos à mesa! 

Ao longo dos anos fui aperfeiçoando a arte de fazer pizza. Muita experimentação, alguns sucessos, muitos falhanços, muita persistência, leituras, pesquisas e vídeos do Youtube.

Atualmente (out|2022) uso farinha Caputo Cuoco ou Pizzeria, com 12 ou 13 g de proteína – chamada a farinha forte ou do tipo 0, numa proporção de 650g de água por 1 kg de farinha – diz-se que é uma hidratação a 65%. Ando a tentar aumentar a hidratação para 70%, para ficar com uma massa mais leve, mas é mais difícil trabalhar a massa. Para um kg de massa junto 15g de sal e uma colher de café de fermento de padeiro seco.

Em Portugal não é fácil encontrar a farinha, mas uma pesquisa no Google pode ajudar. Dependendo da disponibilidade no supermercado, tanto uso o pacote vermelho – Cuoco, como o azul – Pizzeria.

O forno é um “Ooni Koda 16 Gas Powered Pizza Oven” que encomendei pela internet e que cozinha as pizzas em cerca de 1 minuto. Faz toda a diferença no resultado final, mas requer aprendizagem e habituação.

Num próximo texto hei de partilhar os detalhes da arte da pizza cá por casa.

Até um dia destes! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *